Palavras de amor, palavras de afeto, palavras de alegria, palavras de amizade, palavras de carinho. São tantas palavras... Palavras, palavras...


sábado, 31 de dezembro de 2011

ARTEMÍSIA


Arte
Artesanato
Artigos
Escritos no papel
Assim é Artemísia
A amiga
Do Israel

Me Falta palavras
E nesse palavreado
Fico todo encabulado
Sem saber me expressar
Pois nessa arte
Que faço parte
Não tem descarte
Só tenho que falar

Na arte de escrever
Tenho muito que aprender
É o que posso ver
E também no papel tentar
Pegando nesse papel
Foi amargo como fel
Mas busquei o doce mel
para poder então rimar

Se fosse Antonia eu poderia
Uma rima encontrar
Pois muito fácil sei que é
Mas digo neste instante
falo firme e constante
Que quando a amiga é de verdade
Não existe falsidade
Só podemos somente amar

Brincando de ser poeta
Sigo a minha reta
Buscando lapidar a rima
E aqui nesse papel tento passar
Todo meu pensar
E tamanho o meu afã
Não sei se é mais prima
Ou até mesmo irmã
Sei que é somente Artemísia
Que dela sou muito fã.

Israel Batista.


*Nesse poema homenageio a Artemísia, já que seu blog chama-se Palavras, Palavras. Eu resolvi nesse poema brincar com as palavras e as formas da poesia, não seguindo uma sequencia que da qual vocês puderam notar nos versos, desejo a ela, ao seu esposo e a todos os seus filhos um ano rico e próspero e feliz.

*Ilustração eu e Artemísia

Um comentário:

  1. Israel, o poema ficou maravilhoso!
    Obrigada mais uma vez!
    abraço.

    ResponderExcluir